Blog da Cia. Zero Zero de Teatro

terça-feira, 18 de agosto de 2009

Vida longa ao FESTCAMP

Nossa viagem começou na quinta-feira, partindo do terminal Barra Funda em São Paulo, indo até ao aeroporto de Viracopos em Campinas. Lá embarcamos no Vôo AD 4030, com o primeiro destino da turnê “Death Hills”. Chegamos em CAMPO grande umas dez e meia da noite.

(Medo da gripe)
Para não perder o costume, a montagem foi corrida. Às 8 horas da manhã saímos do hotel e fomos buscar o cenário.
Da transportadora para a Kombi, da Kombi para o teatro, e começamos a montagem.
Levanta os tecidos, desce as varas de luz, ONDE VAI FICAR O PROJETOR? TVs, mesas, cadeiras, doces, arrumar camarim, TÁ FALTANDO ALGUMA COISA? Levanta a vara de luz, afinação, som...tudo terminado às 17 horas.

CADÊ O ILUMINADOR? (Eduardo Albergaria, ator, diretor, iluminador, magrelo e oficineiro) Concebeu nossa luz, mas nunca tinha operado. Chegou por volta das 17:30, depois de dar uma oficina em outro teatro.
Vamos começar o passadão para a luz e para a música. Afinal nosso musico Greg (que manda a trilha ao vivo), também não pode vir e nossa produtora Tais vai mais uma vez salvar nossa pele com os CDs.

Ainda não! ESPERA! O Eduardo precisa programar a mesa, vai levar mais uns 40 minutos... não vai dar tempo, a apresentação é as 20 horas, Brunão precisa de uma hora pra se arrumar de shinigami.... Vamos fazendo, vai saindo pra se arrumar quem precisar, quem puder ficar vai passando as movimentações de cena com a técnica. TÁ CHEGANDO A VOZ AI? TÁ? Ok não precisamos gritar!
Vinte pra oito terminamos...quem não está pronto corre, vem pro merda que já vai abrir... Abriu.
Teatro Glauci Rocha, capacidade para 812 lugares, 2m de proscênio mais 2m de chão separando nós do público que invade. Para o ator a sensação é de um canyon separando algo que é tão bom quando é pertinho.
1 hora e meia depois acabou a apresentação, fomos para o debate.
Resumidamente fomos parabenizados pelo pioneirismo de juntar teatro com mangá, de conquistar um público jovem e trazê-lo para o teatro. O aparato tecnológico (vídeo, luz e música) teve quem gostou e teve que achou que ele ficou maior que os atores. E todos concordaram que estávamos falando muito baixo, um sujeito do público disse que não ia nos desculpar por isso. E nisso ele teve Razão.
Ele falou mais um monte de coisas que eu não guardei, mas não vou me esquecer da generosidade da Débora Finocchiaro e do Sidnei Cruz, eu os guardo pois mais que debatedores, eles conduziram a conversa afim de incentivar quem faz teatro a pensar sobre o oficio e o que é inerente a ele. As críticas foram super construtivas e estão nos ajudando a repensar nosso trabalho.
E toda correria que tivemos nesse dia de montagem e nos outros dias agradáveis que se seguiram até o fim do FESTCAMP, só pôde ter dado certo por todos os organizadores, produtores e anjos. Eles foram demais, cuidaram muito bem nós com muita atenção e amizade. A Cia. Zero Zero foi embora de CAMPO Grande grata por ter feito parte do festival e estamos desejando vida longa ao FESTCAMP.

(De volta para casa)

Agora com vocês um vídeo imperdível, o pânico do Vini no avião.

video

Eu queria muito dizer que foi tudo verdade, mas como amigo do Vini tenho que aliviar a barra dele e dizer que foi brincadeira nossa...ou não... vocês decidem!

4 comentários:

  1. ehuahehaeuaueuhaehuaeh
    Que vídeo sem noção!

    ResponderExcluir
  2. fora o otário que falou que vocês tem que ter a planta da arquitetura do teatro glauce ¬¬...
    as críticas tiveram suas finalidades, eu fiz questão de questionar amigos meus sobre o que acharam da peça, afinal eu estava meio suspeita de falar qualquer coisa porque adorei tudo, mas queria saber d'aqueles que não acompanham os animes... bem teve alguns que gostaram outros que não... eu adorei, foi muito bom, pirei a cada momento, e minha cena preferida é a do jogo de tenis!!!
    vlw, quando quiserem voltar pra cá, seram bem recebidos!!!

    ResponderExcluir
  3. Um vídeo sem noção total! Mas de qualquer jeito ta na cara q manipulei todos vcs! auauauauaua

    ResponderExcluir
  4. Tadinhuh do vini....
    (rsrsrs)
    bom....
    foi um mega prazer recebe-los na minha cidade; assistir o ESPETÁCULO maravilhoso que fizeram no festival e voltem sempre...OK...
    serão muito bem vindos.....
    Gd Bjo.
    Sucesso e
    Boa Turnê...
    :>

    ResponderExcluir